Paternidade

Quinta, 30 de novembro de 2017, às 19h30min / Daniel Biasoli

A chegada de um novo gremista

Antes mesmo de você ser concebido já era amado e desejado. Esperamos muito pela notícia de que você estaria a caminho! Você não imagina a jornada que fizemos para planejar e aproveitar ao máximo nossa família, mas eu vou contar um pouco:

Quando me mudei para Alegrete, ainda em dezembro de 2013, após passar em um concurso público, jurei à sua mãe: “Não se preocupe! Em todos os finais de semana estarei em Santa Maria.”

Não falhei um sequer, em um ano e oito meses. Rodava mais de 500 km todas as semanas.

Em 2015, mesmo sabendo das dificuldades de morarmos em cidades diferentes, planejamos você. Porém, por alguma razão, o destino não quis que você chegasse. Estávamos tristes. Naquele momento decidimos: “da próxima vez que planejarmos nosso bebê, temos que estar na mesma cidade!”

Estávamos muito bem alocados em nossos trabalhos e, de certa forma, eu e sua mãe éramos estáveis em nossas vidas. Mas isso seria suficiente? Nos completaria? O dinheiro e o trabalho não são tudo. Nós queríamos poder nos dedicar à formação da nossa família e que ela fosse uma fortaleza. Para isso precisávamos estar juntos, na mesma cidade, um cuidando do outro e, futuramente, podendo proporcionar para você o melhor que o amor de um pai e uma mãe podem proporcionar. Nós queríamos ver você crescer e se desenvolver, juntos, em cada passo, em cada momento, em cada pedra no caminho e, principalmente em cada vitória sua. Por nossa família adotamos Chapecó que, aliás, não é nem tão longe do vô Osmar, nem tão longe dos avós Valdir e Sônia.

Foi em Chapecó que durante dois anos nos preparamos para que você pudesse chegar. Esse ano programamos nossas férias sabendo que em 2018, a nossa melhor viagem poderia estar por começar.

O dia do anúncio da sua vinda a este mundo foi o mais feliz de nossas vidas. Talvez não seja possível você imaginar o quanto estamos ansiosos para conhecê-lo, segurá-lo e dar-lhe muito carinho, mas um dia você irá sentir tudo isso na pele, pois saberá que a sua chegada preencherá a vida dos seus pais.

Filho, prometo te amar para sempre e te dar tudo o que estiver ao meu alcance. Eu e sua mãe seremos cuidadosos com sua educação e passaremos a você os valores que julgamos corretos, pois queremos que você se torne um homem de bem, justo, honesto e respeitoso, como seus pais e seus avós. Prometo a você, também, que carinho, beijos e abraços jamais faltarão, nem de mim, nem de sua mãe, enquanto estivermos nesse mundo. Também prometo defender vocês dois a todo o custo. Se você permitir, quero que sejamos seus melhores amigos, seus confidentes e, todas as vezes que precisar de ajuda, orientação, conselhos ou um ombro para chorar, conte conosco.

Bate, coraçãozinho, bate! Continue fazendo seu pai e sua mãe chorarem de alegria! O maior presente de Natal do resto das vidas deles foi anunciado e está por chegar!

Seja bem vindo, Davi, gremistão e já tri-campeão da América!


Últimas notícias sobre "Paternidade":

» 28/11/2018, às 19h07min - Seis meses do Davi, hoje!


« retornar